EMPRESÁRIO – PREOCUPAÇÕES – QUANDO VALEM À PENA!

Imprimir
Categoria: Dicas e Fatos

Um psicólogo inglês fez um profundo estudo, utilizando uma amos­tragem de indivíduos:

Depois de 2 anos de trabalho, classificou assim as causas da an­siedade das pessoas de nível médio:

4O% de preocupações por coisas que nunca chegam a acontecer;

35% de preocupações por coisas que nenhuma força do mundo, por maior que fosse, conseguiria mudar;

15% de preocupações por coisas que no fim, acabam dando certo;

8% de preocupações sem o menor motivo válido;

2% de preocupações por coisas que realmente merecem

atenção.

CONCLUSÃO

Em 98 dos 100 casos, a gente se preocupa absolutamente à toa!

Então, a ordem é "não esquentar a cabeça" e, realmente, só se

preocupar quando houver motivo real.

É um modo de preservar a saúde e o equilíbrio dos nervos.

ooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Nota do Portal: Recolhido em algum lugar por leitor.

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 EMPRESÁRIO – PREOCUPAÇÕES – QUANDO VALEM À PENA! - Joomla