Rotary - Companheirismo em . (Série: Conhecendo o Rotary, Clube de serviço)

Imprimir
Categoria: Dicas e Fatos



Nelson Weingril

A amizade e a convivência de muitos anos fizeram-me convidado para lhes dirigir a palavra, nesta festa de boas-vindas do 18º SUPERIPA.
Talvez renegando um tanto a condição de ex-governador de distrito, não sou muito afeito a falar, quiçá como forma de fugir desse fantasma que me apoquenta que são os lapsos de memória os quais, muitas vezes, me colocam em situações embaraçosas, confundindo Jorge Germano com gênero humano ou trocando nomes, às vezes de estimados amigos, com quem convivo corriqueiramente, como é o caso do Norberto - cuja tolerância e compreensão admiro - caindo em verdadeiras ciladas memoriáveis.

Busquei explorar o contexto com vagar, perscrutando o recôndito para poder atender à convocação dos amigos Lima e Nívio e trazer-lhes um pouco do meu entendimento do “Companheirismo em Rotary”.

Lembrei-me do colóquio entre o doutor da Lei e o Mestre, quando aquele indagou: "Que devo fazer para possuir a vida eterna?" Disse-lhe: "Que está escrito na Lei? Como é que lês?" Respondeu ele: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento (Deuteronômio 6,5) e a teu próximo como a ti mesmo (Levítico 19,18)." Falou-lhe Jesus: "Respondeste bem; faze isso e viverás".

Ao procurar esclarecer qual deve ser o conceito do próximo citado nas Escrituras, Cristo contou a parábola do Bom Samaritano que, acudindo o cidadão que havia sido despojado dos bens, agredido quase à morte, pensando suas feridas, conduzindo-o a lugar seguro, alojando-o às suas expensas e partindo, com a promessa da volta para completar sua missão.
Seu nome, se é que o tinha, não o sabemos, mas seu gesto perdura através dos séculos como um norte para nos indicar o caminho que nos propusemos a seguir como rotarianos.
Entre os elementos elencados pelo Presidente Richard D. King, ilustrando o que significa ser rotariano, podemos citar alguns:

* A filiação ao Rotary permite o crescimento como pessoa e desenvolve o aprendizado das normas de relações humanas, além do crescimento como indivíduo;
* Constituído por pessoas de sucesso em suas atividades profissionais o Rotary proporciona noções de liderança, através do que se aprende como motivar, influenciar e liderar líderes;
* A maioria dos Rotary Clubs é composta pelos cidadãos mais ativos de qualquer comunidade e isso nos permite sermos melhores cidadãos para a comunidade;
* Através de programas bem elaborados os rotarianos têm, toda semana, a oportunidade de serem informados sobre o que está ocorrendo na comunidade, na nação e no mundo, pois cada reunião proporciona a oportunidade de ouvir diferentes palestrantes e uma variedade de tópicos oportunos;
* As atividades rotárias se caracterizam pela alegria, tanto nas reuniões, quanto nos projetos, quanto nas atividades sociais como esta que estamos vivendo, fazendo com que o serviço prestado transborde de alegria;
* Rotary dá a oportunidade de dominar o medo de falar em público pois permite desenvolver a confiança e a habilidade dos pronunciamentos, aperfeiçoando-as;
* O distintivo que ostentamos e que diz "Rotary International" abre portas em todo o mundo, pois são raras as localidades do globo que não possuem pelo menos um Rotary Club. Todo rotariano é bem recebido - inclusive incentivado a fazê-lo - ao visitar qualquer um dos quase 30 mil clubes existentes em 194 nações e regiões geográficas, o que significa que o rotariano tem, sempre, companheiros ao seu redor, de tal sorte que, quando em viagem, encontrará auxílio através do Rotary, quer necessite de um médico, advogado, dentista, hotel ou apenas uma informação;
* As atividades rotárias compreendem, também, entretenimento, não só nas festividades do clube e do distrito, o que contribui para a diluir o "stress" das atividades profissionais. As conferências e convenções, assembléias, institutos e reuniões como esta proporcionam divertimento além de informação rotária, instrução e oportunidades de servir;
* Rotary ajuda a desenvolver nossas habilidades sociais, tanto nas reuniões semanais quanto nos mais diversos eventos e funções, desenvolvendo a personalidade de seus membros, suas habilidades sociais e individuais. Rotary existe para gente que gosta de gente;
* Todo rotariano é incentivado a tomar parte no crescimento e no desenvolvimento da própria profissão ou vocação; a servir em comissões e ensinar os jovens a respeito de suas próprias vocações; Rotary faz com que nos tornemos melhores profissionais, sejamos médico, economista, advogado, engenheiro, professor, agente de seguros, etc.;
* Somos imbuídos, como rotarianos, a praticar a Prova Quádrupla que nos orienta sobre a conduta ética, tanto na vida profissional como em nossas relações pessoais;
* Considerando o panorama mundial do Rotary, verificamos que temos em nossa organização toda religião, país, cultura, raça, credo, regime político, língua, cor e identidade étnica. Rotary é um corte transversal no mundo todo, compreendendo os mais proeminentes cidadãos de qualquer setor. Os rotarianos se conscientizam de suas próprias culturas e aprendem a apreciar e trabalhar com pessoas em qualquer lugar e, como conseqüência, se tornam melhores cidadãos em suas próprias nações;
* Ser rotariano torna implícita a distinção não só porque o Rotary é o mais antigo e prestigioso clube de serviços do mundo, mas porque em seus quadros são encontrados pessoas responsáveis, líderes em negócios, profissões, artes, governos, esportes, militares, religiosos e todas as atividades reconhecidas como úteis à sociedade. Executivos, gerentes, profissionais: gente que toma decisões e influencia a vida de suas comunidades;
* Podemos dizer que o rotariano é gente boa, a melhor da face da terra; pessoas importantes que seguem o critério de que é bom ser importante, mas é mais importante ser bom; Rotary é uma sociedade aberta, composta de homens e mulheres que simplesmente acreditam que devem ajudar os outros.

Pois bem, prezados amigos:
O Rotary nasceu por duas razões: a primeira porque num mundo cada vez mais complexo, as necessidades básicas de todo ser humano são a amizade e o companheirismo e a segunda foi a de proporcionar o desenvolvimento de negócios. O que ocorreu em 1905 resultou que os rotarianos que visavam se ajudar entre eles, concluíram que, coletivamente, podem e devem ajudar os outros.

O que é a amizade?
Amizade é um sentimento de escolha, que distingue uma pessoa entre as demais, a ela dedicando atenção e interesses especiais. Este sentimento de interesse a respeito do outro é fruto mais puro de nossa liberdade. Ela implica numa igualdade de condições, pois tem como base afinidades profundas e múltiplas e, portanto, dificilmente sobrevive em situações de grande disparidade de gostos ou usos e costumes. Nela existe uma harmonia baseada na escolha mútua, que não pode ser explicada nem pelos próprios amigos que, em geral, não sabem dar as razões da ligação afetiva existente entre ambos.
Companheirismo que tem suas origens no latim ("cum" = com + "panis" = pão, significando o grupo que repartia o pão entre si) é um sentimento envolvendo simpatia e solidariedade, que nasce entre pessoas que comungam afinidade de objetivos, gostos, atitudes e opiniões. Companheirismo é valorizado em Rotary dentro de seu objetivo, quando alicerçado nos empreendimentos dignos, procura desenvolve-lo como meio capaz de proporcionar oportunidades de servir.
São de Paul Harris as palavras: "Cada fase evolutiva da vida moderna sofre influência do Rotary e a visão dos seus membros se alarga. Ainda mais que, sobre isso tudo, esta a calorosa e doce sensação de companheirismo e amizade, que valoriza a vida. Estas são algumas das muitas razões pelas quais os rotarianos se orgulham de sua filiação."
Por outro lado, entretanto, na defesa de padrões éticos e salvaguardando a imagem que a organização deve projetar perante a comunidade, estabelece a norma de que as relações comerciais e profissionais entre rotarianos não devem se estribar na concessão de maiores considerações ou vantagens, mas nos mesmos moldes ou práticas corriqueiras do ramo de atividades.

Estabelece mesmo que seria contrária à obrigação que o rotariano tem para com seus concorrentes e com o espírito de Serviços Profissionais conceder a um de seus companheiros rotarianos privilégios que normalmente não concederia a outros com quem mantém relações comerciais ou profissionais. E diz mais: todo uso do companheirismo rotário como meio de obter vantagens ou lucros é alheio ao espírito do Rotary.

Mas como habitualmente nos comportamos?
O nosso prezado amigo Governador Willy Gross providenciou a edição do Guia das Profissões, acatando um anseio bastante antigo dos companheiros de nosso distrito. Mas, tenho a certeza, o que todos desejávamos era ter a orientação de pessoas com possibilidades de atender nossas necessidades de aquisição de bens e ou serviços e que sejam imbuídas do senso de ética e de probidade que nós consideramos como básico para a admissão em Rotary e dos quais nos jactamos.
Acredito que o Governador Willy nos proporcionou ferramenta adequada para o nosso desiderato.

Normalmente o companheirismo evolui, transformando o companheiro em amigo, estreitando os laços de amizade e confiança, e fazendo com que sejamos uma grande família, de braços abertos para receber os amigos dos amigos.
Mas lembremo-nos de que o mais importante em Rotary é o comportamento semelhante ao do Bom Samaritano, que consubstancia o nosso tradicional lema: "Dar de si, antes de pensar em si", mostrando assim que
"A Humanidade é a nossa Missão"
Sejam todos bem-vindos e que tenhamos bons e memoráveis momentos de alegre e saudável convivência.
Obrigado!
--------------------------------------------------------------------------------
Nelson Weingrill, sócio do RCSP Sumaré, entre outros cargos, foi Governador do Distrito 4610, de Rotary Internacional, no Ano Rotário 1996/97, quando presidente do RI o Comp. Luís Vicente Giay. Palestra proferida na abertura do XVIII SUPERIPA, realizado em outubro de 2001, em Ubatuba, SP, evento de congraçamento do RCSP Sumaré, RCSP Perdizes, ambos de S.Paulo e RCRio de Janeiro- Ipanema.
--------------------------------------------------------------------------------
(Você já leu? Chegou no dia 29/10/01)
-------------------------------------------------------------------------------

COPIE, MAS CREDITE O AUTOR E A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.

--------------------------------------------------------------------------------

 



Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Rotary - Companheirismo em . (Série: Conhecendo o Rotary, Clube de serviço) - Joomla